21/08/16

britney spears em toda a sua "glória"

O lançamento era no dia 26, mas o álbum vazou ontem, dia 20. Na verdade, o álbum não vazou, e sim, lançado oficialmente no México. Era óbvio que todo o material chegaria à internet no mesmo dia. Fazendo um comentário genérico e completo do álbum: "Glory" realmente é a glória de Britney, ou seria redenção?


Depois do desastroso "Britney Jean" e do (quase) fatídico retorno com "Pretty Girls", Britney precisava arregaçar as mangas e cair no trabalho. Afinal, o mundo esperava mais da Princesinha do pop. Você pode falar o quiser, mas Britney ainda é rentável e relevante, mas que ela não seja uma boa cantora. 

Eu já disse um milhão de vezes que não conseguia ouvir um álbum inteiro da cantora (tirando "Blackout"), e não entendia como ela estava na estrada há tanto tempo. Agora entendo o seguinte: mesmo com toda a preguiça do mundo, Britney criou a sua "marca" e consegue se manter na ativa mesmo com todos os percalços. E isso é algo que deve ser levado em consideração. E quando ela quer, ela consegue fazer bem feito.

Afinal, o que todo mundo espera da Britney? Diversão, obviamente! E, "Glory", representa isso muitíssimo bem. "Hard To Forget Ya" grita pra ser segundo single, assim como "If I'm Dancing" (bonus track do álbum). "Liar" e "Better" são delicinhas, e "Man On The Moon" é uma das melhores coisas que a Britney já fez. A já divulgada "Do Wanna Come Over" ainda se destaca e "What You Need" entrega algo que cairia muito bem na voz de Christina Aguilera em sua época "Back To Basics",  o que acaba sendo uma grata surpresa já que funciona também na voz da Britney.

Britney ainda não é excepcional e nem memorável, mas sabe fazer diversão como poucas. E acho isso bem satisfatório sim. Por que não, não é?

Agora é torcer para que "Glory" tenha uma divulgação satisfatória. Por ora, o seu único erro até o momento foi a capa grotesca. De resto, está tudo dentro do aceitável.

17/08/16

cher mandou avisar que também está com a mão no batente, ok?


Depois de Britney Spears, Christina Aguilera e Lady Gaga, Cher mandou avisar que também está voltando. A cantora, que acabou de completar setenta anos, disse hoje, 17, no twitter que estava trabalhando em novas músicas e o quanto tinha esquecido que amava cantar (jura, fia?).


Toda vez que Cher termina um trabalho, ela fala em aposentadoria. Isso desde meados de 2000! "Closer to the Truth", lançado em 2013, era a "promessa" (graças a Deus nunca cumprida) de um último trabalho (assim como "Living Proof").

Provavelmente, veremos  alguma prévia de uma nova música só no final do ano ou comecinho do ano que vem, porém, é sempre bom saber que, no final, de tudo ainda teremos Cher para confortar nossos coraçõezinhos. Vamos combinar, né? A verdadeira Rainha do Pop é CHER!

E que venha mais 26 discos de inéditas!

OBS: Cher também avisou que só está esperando acabar as eleições presidenciais nos EUA (a cantora está trabalhando na campanha de Hilary Clinton) pra pegar no batente. Ou seja, vai ter novo álbum sim!

lady gaga anuncia novo single!

Depois de anunciar que estará no remake de "Nasce Uma Estrela", dirigido por Bradley Cooper, Lady Gaga resolveu anunciar hoje no instagram que em Setembro lançará o primeiro single do seu próximo álbum. Por ora, Lady Gaga só confirmou o nome do novo single: "Perfect Illusion".


Falta muito para setembro?

16/08/16

lady gaga irá estrelar nova versão de "a star is born" nos cinemas!


Bradley Cooper e Lady Gaga foram flagrados em um jantar íntimo recentemente. Todo mundo sabia do que se tratava: do remake de "A Star Is Born". Pelo visto, entre uma conversa e outra, conseguiram chegar a um acordo. De acordo com o Deadline, a Warner Bross já deu um "start" na produção e Lady Gaga realmente viverá Vicki Lester nos cinemas.

"Nasce Uma Estrela" já ganhou três versões: uma em 1937, outra em 1954 (a mais famosa e cultuada com Judy Garland no papel principal) e uma com Barbra Streisand, em 1976. E, de acordo com algumas publicações, antes de Lady Gaga, Warner Bross tentou a todo custo Beyoncé para o papel principal, mas com a recusa da cantora, foram em cima de Lady Gaga após a vitória dela no Globo de Ouro deste ano.

Para uma cantora como Lady Gaga, o papel vem à calhar. Nas demais versões, cantoras também vestiram a camisa e fizeram bonito no papel da cantora que vê sua carreira começar e acabar num piscar de olhos. Resta saber se Bradley Cooper é um diretor competente para levar toda a grandeza já mostrada na versão de 1954.

Lady Gaga também ficará responsável pela trilha sonora. Ou seja, o musical será reformulado.

Será que vem Oscar?

com jessica lange e susan sarandon, ryan murphy confirma novo (e importante) nome para o cast de "feud"!


Ryan Murphy não para! Cuidando de "American Horror Story", "American Crime Story" e "Scream Queens", Ryan oficializou há pouco tempo a sua mais nova série: "Feud". Assim como as demais séries do roteirista, "Feud" trata-se de uma antologia, ou seja, a cada temporada, uma nova história. Se bem que, "Scream Queens" não pode mais ser chamada de antologia já que nesta segunda temporada serão os mesmos personagens (só muda o cenário de fundo), mas essa não é a questão da história aqui...

"Feud" vem com a proposta de retratar grandes rivalidades (em qualquer área) e em sua primeira temporada, a série vai mostrar a rivalidade entre Joan Crawford e Bette Davis. Ou seja: promete. Se você conhece um pouco dessa rivalidade, sabe que ambas se detestavam dentro e fora das telas! Ainda sim, chegaram a trabalhar juntas e o filme vai retrarar justamente os bastidores deste filme que ambas tem em comum, "O Que Terá Acontecido a Bay Jane?", filme de 1962.

Além das já confirmadas Susan Sarandon e Jessica Lange nos papéis principais (Susan como Bette Davis e Jessica como Joan Crawford), Ryan Murphy confirmou hoje um importantíssimo nome para o cast: Catherine Zeta-Jones!

Ganhadora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em "Chicago", Catherine é um dos maiores nomes do cinema hollywoodiano. Pode parecer um tanto redundante, mas Catherine, ao menos pra mim, é uma das últimas atrizes que tem "jeitão" de atriz da "época de ouro" de Hollywood, sabe? Lembra, e muito, atrizes da década de 50 como Lana Turner e Ava Gardner... E, sim, é uma atriz que eu admiro e acompanho. E uma grata surpresa vê-la se rendendo novamente à televisão. Depois de um longo período fazendo filmes (seu último trabalho na TV foi na minissérie sobre o "Titanic" de 1996 que o SBT rebatizou aqui no Brasil de "Titanic 2" e exibiu um trilhão de vezes), Catherine volta à sua casa (ok, foi BEM piegas, porém, Catherine começou a carreira na TV, como a maioria das atrizes, obviamente, mas demorou muito pra ela conseguir o seu primeiro grande papel no cinema).

O papel? Catherine simplesmente vai encarar Olivia de Havilland! Olivia é uma das grandes atrizes da década de ouro de Hollywood que está viva. Com 100 anos completos no mês de julho, Olivia participou de filmes essenciais para o cinema, como "...E o Vento Levou", "Tarde Demais pra Esquecer" e por aí vai. 

Engraçado notar que Catherine vai interpretar Olivia e que a própria atriz daria um tema interessante para a própria série "Feud" já que Olivia também tinha sua rivalidade dentro e fora das telas! Olivia tinha uma irmã também atriz, Joan Fontaine, que ela simplesmente odiava. As duas não se davam nda bem e viviam trocando farpas na mídia. Tentaram ser amigas, do mesmo modo que ficaram se olhar uma na cara da outra durante muitos anos. Ou seja, já fica essa dica pro Ryan e que ele aproveite Catherine futuramente de novo como Olivia de Havilland em uma série... própria! Quem sabe na season 2, não é?

11/08/16

ouça "telepathy", nova música de christina aguilera


Assim como Britney Spears, Christina Aguilera não foi muito feliz em seus dois últimos álbuns. "Bionic" (2010) e "Lotus" (2012) sofreram um pouco nas vendas e tiveram uma divulgação pífia ("Lotus" foi completamente esnobado depois do lançamento e teve apenas um vídeo musical, mesmo tendo a ótima "Just a Fool" como single também), mas pelo visto são águas passadas... 

Christina está prometendo novo álbum desde meados de 2013 e parece que este ano o "barro vai definitivamente acontecer!". Após a divulgação da belíssima "Change" por conta daquele massacre horrível em Orlando, Christina liberou a maravilhosa "Telepathy" (ouça AQUI). Engraçado que, ambas as músicas podem nem entrar no novo álbum da cantora, porém, já preparam o terreno para algo grandioso. A nova música, por ora, foi confirmada na produção da Netflix, "The Get Down".

Se o novo álbum seguir o caminho que essas duas músicas apontam, será tiro para todos os lados... Que Christina não demore muito e comece a divulgação disso tudo o quanto antes, não é?